Connect with us

Amazonas

Cidades do AM atingidas por desastres recebem verba federal

No estado do Amazonas, duas cidades receberão repasses. Uarini, que passa por um período de estiagem, terá acesso a 623,8 mil e Juruá, onde houve fortes chuvas, a R$ 448,5 mil.

Published

on

Manaus (AM) – O Ministério do Desenvolvimento Nacional (MDR), por meio da Defesa Civil Nacional, autorizou, nesta quarta-feira (21), o repasse de mais de R$ 9 milhões a Minas Gerais e a 14 cidades atingidas por desastres naturais em cinco estados brasileiros. 

Amazonas

No estado do Amazonas, duas cidades receberão repasses. Uarini, que passa por um período de estiagem, terá acesso a 623,8 mil e Juruá, onde houve fortes chuvas, a R$ 448,5 mil. Ambas usarão os recursos para a compra de cestas básicas e combustível, além de aluguel de embarcação.

A maior parte dos municípios está em Minas Gerais e foi atingida por chuvas intensas. 

Francisco Badaró vai receber R$ 1,1 milhão para a construção de 14 unidades habitacionais. Já Medina terá acesso a R$ 114,2 mil, também para moradias.

Para Timóteo, serão destinados R$ 780,3 mil para a recuperação de bueiros e para Curral de Dentro, R$ 566,1 mil para reconstrução de uma ponte de concreto.

 Ainda em Minas Gerais, a cidade de Pocrane vai contar com R$ 621,7 mil para a construção de ponte e de um muro de arrimo.

Advertisement

Já para Malacacheta, serão dois repasses, um de R$ 44,5 mil e outro de R$ 232,6 mil para recuperação de ponte, trecho de rua e muro de arrimo. 

Já para o estado de Minas Gerais, serão repassados R$ 5,4 milhões para a compra de cestas básicas, colchões e kits de limpeza, higiene e dormitório para 102,8 mil pessoas em 43 cidades.
 

Santa Catarina

Em Santa Catarina, serão repassados recursos a três municípios atingidos por chuvas intensas. Canelinha e Águas Mornas receberão, cada uma, R$ 223,1 mil, enquanto Corupá terá acesso a R$ 180,6 mil. As três cidades realizarão serviços de limpeza urbana.


Outros estados

No Espírito Santo, a cidade de Ibitirama vai contar com R$ 94 mil para reforma do telhado da Secretaria Municipal de Educação, que foi danificado por queda de granizo.


 Por fim, o município de Cícero Dantas, na Bahia, atingido por chuvas intensas, vai receber R$ 271,1 mil para a compra de cestas básicas para 4,5 mil pessoas.

Advertisement

Como solicitar recursos federais para ações de defesa civil

Cidades em situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecido pela Defesa Civil Nacional estão aptas a solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para atendimento à população afetada. 

As ações envolvem socorro, assistências às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura destruída ou danificada.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD).


 Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a valor ser liberado.
Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo.

Advertisement

Confira neste link a lista completa dos cursos.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amazonas

Arena da Amazônia e Arena Amadeu Teixeira têm energia cortada por falta de pagamento

Arenas da Amazônia e Amadeu Teixeira tiveram energia cortada por falta de pagamento à Amazonas Energia

Published

on

Arena da Amazônia em Manaus

Manaus (AM) – Nesta terça-feira (24), a Amazonas Energia promoveu o corte por débitos da Arena da Amazônia e Arena Amadeu Teixeira, por falta de pagamento de contas de energia elétrica.

De acordo com a assessoria da Amazonas Energia, ao todo, a dívida já supera o valor de R$39 milhões para as duas unidades consumidoras, desde o ano de 2016 até o presente ano. O governo do Amazonas seria responsável pelos pagamentos.

Após sucessivas tentativas de negociações amigáveis e com notificação prévia, a Amazonas Energia executou o corte das unidades consumidoras, consideradas serviços não essenciais e, portanto, passíveis de corte, perante a lei.

A Arena da Amazônia, estádio construído para sediar jogos da Copa de 2014, no Amazonas, durante todo o ano de 2022, acumulou uma série de eventos realizados, movimentando novamente o local e enchendo o estádio de pessoas sem, no entanto, promover o pagamento das contas de luz mensais, acumulando dívidas mês a mês.

A manobra de corte por inadimplemento, precedida de comunicação, está prevista no art. 360 da Resolução nº 1.000/2021 – ANEEL, sendo enviada de forma escrita ao Governo do Estado.

Até o momento dessa publicação, o governo do Estado ainda não havia se pronunciado sobre o corte. O espaço está aberto para a resposta em relaçao ao assunto.

Advertisement

Leia mais:

Continue Reading

Amazonas

Após revitalização, Feira do Parque 10 atrai público em Manaus

Com as reformas de mais 33 feiras e mercados em Manaus, a população manauara está transformando a simples ida a esses locais em momentos de diversão, lazer e entretenimento familiar, como ocorreu neste sábado (21), na Feira do Parque 10 de novembro.

Published

on

Feira do Parque 10 em Manaus

Manaus (AM) – Com as reformas de mais 33 feiras e mercados em Manaus, a população manauara está transformando a simples ida a esses locais em momentos de diversão, lazer e entretenimento familiar, como ocorreu neste sábado (21), na Feira do Parque 10 de novembro.

Após mais de uma década sem reformas, o espaço agora revitalizado pela prefeitura, conta com com bancas de frutas, legumes, carnes e produtos regionais, além de café da manhã, lanches e refeições.

Visitantes

De acordo com José Vieira Silva, bancário aposentado que voltou a frequentar a feira do Parque 10 após a reforma, o local está mais moderno, higiênico e com o tradicional pão com tucumã saboroso.

Leia também: Local Casa de Praia será novo ponto turístico de Manaus, diz prefeito

Feira do Parque 10 em Manaus
Feira do Parque 10 em Manaus

“Eu vinha esporadicamente antes da reforma comprar verduras, mas o local estava em péssimas condições e cheio de pombos, que não me davam segurança para consumir o café daqui. Hoje, sento aqui com a minha esposa e minha netinha, na tranquilidade, e tomo meu café, faço minhas compras para a semana e vejo as melhorias que foram realizadas”, disse Augusto Silva.

Desde seu surgimento, em 1997, a feira do Parque 10 nunca havia passado por qualquer tipo de reforma.

Advertisement

A estrutura possui cerca de 415 metros quadrados, atende 77 permissionários e gera cerca de 237 empregos diretos e 7 mil indiretos.

Próxima entrega

Ainda no primeiro bimestre de 2023 está programada a entrega da feira municipal do Quarentão, localizada na estrada da Estanave, bairro Compensa, zona Oeste.

A área está recebendo restauração da cobertura, do revestimento cerâmico, do piso e das instalações elétricas, além da drenagem e troca de portas e janelas dos boxes e lojas.


Leia mais

Novos dirigentes do TJAM tomam posse em Manaus

Advertisement

Teatro Amazonas, cartão postal de Manaus, completa 126 anos

Veja os vencedores da Corrida do Fogo em Manaus

Continue Reading

Amazonas

Local Casa de Praia será novo ponto turístico de Manaus, diz prefeito

O Local Casa de Praia fica localizado na ponta Negra, um dos principais pontos turísticos de Manaus

Published

on

Manaus (AM) – O andamento da construção do Local Casa de Praia, novo ponto turístico da cidade, localizado no complexo turístico Ponta Negra, na zona Oeste, está sendo instalado onde funcionava uma antiga casa de show, que estava abandonada há mais de 20 anos.

Para vistoriar as obras do local, acompanhado do titular da Secretaria Municipal de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Radyr Junior, o prefeito de Manaus visitou o complexo nesta quinta-feira (19) e destacou a importância do Local Casa de Praia para fomentar o turismo na região.

Vista aerea do Local Casa de Praia na Ponta Negra – Manaus.

“O principal ponto turístico da nossa cidade é a Ponta Negra e tínhamos esse espaço totalmente abandonado por décadas. Tivemos a ideia de revitalizarmos esse local e entregarmos de uma maneira bem melhor para a população. Ele vai se agregar às áreas turísticas da nossa cidade, nos dando uma boa condição para recepcionar, não só o turista, mas também a nossa população da cidade de Manaus”, enfatizou Almeida. Mais MANAUS

Presente no programa de crescimento econômico e social “Mais Manaus”, o local tem projeto para abrigar restaurantes, central de artesanato, áreas para exposições artísticas e ambientes abertos e fechados, com a possibilidade de se contemplar a vista, literalmente com os pés na areia.

O projeto prevê ainda um playground, áreas de convivência, passarela, mirante, quiosques e estrutura para receber shows de pequeno porte.

Questionado sobre o ganho econômico da cidade com o Local Casa de Praia, o titular da Semtepi, Radyr Júnior, explicou que a Ponta Negra irá receber um espaço adequado para a exploração turística e para a exposição de artistas locais.

Advertisement

“Aqui é um local onde iremos colocar empresas que não geram concorrência entre si, mas sim colaboram com o enriquecimento cultural e turístico do espaço. Serão empreendedores da gastronomia que poderão colaborar com a Ponta Negra, além de fomentar os artistas locais no palco interativo”, disse.

O local Casa de Praia fica no Complexo Turístico Ponta Negra, ponto turístico localizado às margens do rio Negro, rio que banha Manaus, muito frequentado pelos visitantes e população local.

Leia mais:

Escolas de samba podem consultar resultado preliminar de apoio da prefeitura

Transatlântico Insígnia abre a temporada de grandes navios em Manaus

Serafim Corrêa propõe usar fundo de turismo para levar 5G ao interior do AM

Advertisement
Continue Reading

Tendências