Entre em contato

Amazonas

Amazonas recebe mais 62,8 mil doses de vacina contra a Covid-19

Manaus – O governador do Amazonas, Wilson Lima, recebeu, na madrugada desta quarta-feira (3), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, mais 62.800 doses de vacinas contra a Covid-19 do tipo CoronaVac, do Instituto Butantan. É a sexta remessa enviada ao estado pelo Ministério da Saúde (MS), totalizando, até o momento, 738.420 doses.

“Nós estamos recebendo mais uma remessa do Governo Federal. E essas doses são importantes para que a gente continue esse processo de vacinação e mantenha o Estado do Amazonas no topo, como o primeiro estado que mais vacina no Brasil. Essa vacina é resultado do esforço do Ministério da Saúde e, paralelo a isso, continuamos trabalhando com os governadores para que a gente possa encontrar alternativas, junto aos laboratórios que estão fabricando as doses, para que consigamos em algum momento ter doses extras para imunizar a maior quantidade possível de pessoas”, disse o governador.

O lote é destinado à imunização de parte do grupo prioritário composto por pessoas de 60 a 64 anos, previsto no Plano Operacional da Campanha de Vacinação contra Covid-19 no Amazonas, desenvolvido pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), com base nas orientações do MS. Além disso, 925 doses desembarcadas em Manaus nesta madrugada, são destinadas para indígenas da etnia Waimiri-Atroari, conforme determinação do Ministério da Saúde.

Após ter sido descarregado no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, o lote foi encaminhado para a sede da FVS-AM, onde teve início, ainda na madrugada, o procedimento de contagem das doses.

“Nós vamos verificar a temperatura, contar o quantitativo para ver se confere na nota emitida pelo Ministério da Saúde, dar entrada das doses no sistema do estado, verificar a população dos municípios do estado para liberar a distribuição”, detalhou Ângela Desiree Carepa, enfermeira do departamento de Vigilância epidemiológica da FVS-AM.

De acordo com a enfermeira, a distribuição deve iniciar ainda na tarde desta quarta-feira (03/03), na capital. Os municípios fazem o agendamento, porque eles têm de verificar a logística e também a escolta que vão querer usar para fazer esse deslocamento das doses, se vai ser particular ou do estado, que é feita pela Polícia Militar. Para Manaus, vai ser informado o quantitativo e verificada a agenda. Se tiver condições, à tarde já é liberado para a capital”, informou Ângela.

Vacinação

Em todo o estado, já foram aplicadas 312.550 doses de vacina até esta terça-feira (02/03), sendo 254.134 de primeira dose e 58.416 de segunda dose, de acordo com dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da FVS-AM (PNI/FVS-AM). A informação está disponível no site da FVS-AM por meio do link https://bit.ly/3aTsndS.

O Amazonas ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de Estados que mais vacinaram no Brasil, de acordo com dados de um consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, O Globo, Extra, O Estado de S. Paulo (Estadão), Folha de S. Paulo e UOL. O estado vacinou, até esta terça-feira (02/03), 6,04% da população.

Remessas

Além desta remessa, o Ministério da Saúde já destinou outras cinco ao Amazonas. No primeiro lote, em 18 de janeiro, o estado recebeu 282.320 doses da CoronaVac. No dia 23 de janeiro, outras 132.500 mil doses da AstraZeneca/Oxford foram desembarcadas no estado. Em 25 de janeiro, o estado recebeu 44.600 doses da CoronaVac.

A quarta remessa, com 96.200 unidades da CoronaVac, chegou ao Amazonas no dia 7 de fevereiro. Outras 42 mil doses de CoronaVac e 78 mil de AstraZeneca, correspondentes ao quinto lote, chegaram ao Amazonas entre quarta (24/02) e quinta-feira (25/02) da semana passada.

*Com informações da assessoria

Leia mais 

‘Variante amazonense’: Wilson Lima contesta utilização do termo da nova cepa do coronavírus

Prefeitura de Manaus orienta população no combate ao caramujo africano

Praia da Ponta Negra segue interditada até 15 de março